open-uri20160512-6-cbid3v.jpeg

Project Model Canvas: como fazer um planejamento de projetos ágil

O uso do Project Model Canvas na gestão de projetos foi idealizado por um profissional brasileiro de muito renome nessa área: José Finocchio. A principal ideia é permitir que um projeto seja organizado de modo visual e colaborativo, de modo que as principais pessoas envolvidas no projeto manifestem uma visão única a respeito do projeto.

Fato é que o mundo corporativo já possui seus próprios desafios burocráticos, por isso é essencial que as empresas encontrem ferramentas que acelerem o tempo de resposta às demandas, mantendo-as competitivas. E essa é exatamente a proposta do Project Model Canvas: servir como um modelo de planejamento ágil de projetos. Ficou interessado? Veja como usá-lo a seguir.

Concepção do plano

projectcanvas

É na concepção do plano em que se respondem às questões:

1. Por quê?:

  • Justificativas
  • Objetivo (SMART): Specific, Mensurable, Attainable, Realistic e Timely (ou Específico, Mensurável, Factível e Tangível)
  • Benefícios

2. O quê?

  • Produto
  • Requisitos

3. Quem?

  • Partes interessadas
  • Equipe

4. Como?

5. Quando? Quanto?

  • Riscos
  • Linhas do tempo
  • Custos

Integração do plano

Essa etapa organiza e concede maior sentido ao conteúdo de cada uma das sessões descritas anteriormente, em que a equipe e o gerente de projetos revisam sequencialmente as Justificativas, o Objetivo, os Requisitos, os Stakeholders Externos e equipe, as Premissas, as Restrições, os Riscos, o Cronograma e orçamento do Projeto, tudo em alto nível.

Além de melhorar a qualidade das informações que foram anteriormente levantadas, nessa etapa, como nas posteriores, podem ser identificados pontos novos, proporcionando mais dinamismo ao processo de composição do plano do projeto.

PLANILHA

Eliminação de pendências

Depois da integração, o foco deve ser o de atacar qualquer inconsistência que exista no plano, quer dizer, é a hora de eliminar os pontos de conflito, garantir a confiabilidade das informações e das premissas e estudar os pontos de fragilidade do Canvas elaborado.

É nessa fase que o real valor e a pertinência do projeto são validados. A ideia é de que não haja dúvida de que o benefício futuro vá se sobrepor a todos os recursos e esforços empregados.

Formalização do plano Project Model Canvas

Finalmente, depois que se garante um plano livre de pendências, é hora de dar publicidade ao documento que foi estruturado. Ou seja, é necessário comunicar as informações que constam no Canvas.

Por isso, nessa fase, o modelo mental do projeto é compartilhado para todos aqueles que têm influência no projeto, para que o planejamento seja adotado e conquiste o engajamento necessário para ser bem sucedido.

Nada impede, porém, que o Canvas seja concebido com maior formalismo, organizado em conjunto com outros documentos que tenham maior nível de detalhe. Isso porque, a depender da complexidade do empreendimento, podem ser necessários planos com informações mais detalhadas de orçamento e cronograma, oferecendo, assim, maior segurança para o gerenciamento do projeto, sobretudo, para a Execução, o Monitoramento e o Controle.

Em comparação com as metodologias tradicionais de gestão de projetos, o Project Model Canvas é um modelo bem simples, que condensa as principais informações do projeto de maneira didática, desmistificando totalmente a dificuldade envolvida no planejamento.

CALLTOACTION2

Está pronto para tornar o planejamento dos seus projetos mais ágil por meio do Project Model Canvas? Quer compartilhar sua experiência ou tirar suas dúvidas? Deixe seu comentário!

alexMe. ALEXANDER TERRA ANTUNES

Coautor de diversos livros, formado em Administração de Empresas, MBA em Gestão de Projetos, especialista em Gestão de Processos e mestre em Administração com Ênfase em Marketing.