O que você faz? Gerente de Projetos? Que isso?

Desenvolva seu potencial

Você já tem dificuldade em explicar para alguém qual é sua profissão? Apesar da profissão de Gerente de Projetos vir crescendo bastante nos últimos anos, a maioria das pessoas não sabe no que ela consiste. E convenhamos, não é uma tarefa fácil fazer com que um leigo a entenda. Leia a crônica a seguir e veja se já passou por uma situação semelhante.

O rapaz, conformado e plenamente ciente do que estava acontecendo, acabara de chegar ao céu. Havia terminado sua vida terrena e agora iniciava uma nova jornada. Ainda trajava o terno e gravata que costumava usar no trabalho e trazia uma mochila às costas. Logo que chegou foi recebido por um senhor com uma longa e vasta barba totalmente grisalha assim como seus cabelos.

– Olá, meu rapaz. Seja bem vindo. – Respondeu o senhor sem tirar os olhos da prancheta que segurava e onde fazia anotações.

– Olá – respondeu o rapaz ainda um pouco assustado com aquela “novidade”.

– Vou te encaminhar para a câmara de espera. – Determinou o senhor como se já estivesse com alguma informação contida naquela prancheta.

– “Câmara de espera”? Como assim? O que é isso?

– É o local para onde enviamos aqueles para os quais ainda não encontramos uma utilidade aqui no nosso céu. Quando encontrarmos, chamamos na câmara e encaminhamos para algum de nossos centros.

Perplexo com a discriminação, o rapaz resolve entender melhor essa seleção.

– Mas quem vai para a câmara não serve para os centros?

– Não – Respondeu secamente o senhor, ainda sem tirar os olhos da prancheta.

– Mas que tipo de sujeito vai para esses centros? – Insistiu o rapaz.

CLIQUE AQUI E FAÇA O CURSO ONLINE DE GESTÃO DE PROJETOS

Pense gestão

 

– Todo tipo. Desde que possa contribuir. Gostamos principalmente dos profissionais, tais como médicos, professores, engenheiros, administradores, advogados, arquitetos…. Aliás, estes últimos estão nos ajudando agora porque estamos com problemas no design da iluminação do purgatório. Com essa contenção de energia não tem jeito, estão reclamando horrores.

– Não seja por isso. – Sorriu o rapaz aliviado. – Também posso ajudar.

– É mesmo? – Minimizou o senhor, com um sorriso irônico no canto dos lábios e ainda sem tirar a atenção que dava para as anotações que fazia em sua prancheta. – Fazendo o que?

– Sou gerente de projetos – respondeu com um vasto e orgulhoso sorriso.

O senhor insistiu em manter o rapaz ignorado.

– Olha aqui meu rapaz. Estamos abarrotados de gerentes lá embaixo. Eles são terríveis. Por formação muitos são engenheiros, arquitetos, médicos. Mas foi terem assumido a função de gerente que o orgulho lhes subiu à cabeça e quando chegam aqui ainda acham que são maiores que todos, querem mandar no céu só porque foram gerentes lá embaixo.

Percebendo que o senhor estava confuso, o que já não lhe era nenhuma surpresa, insistiu:

– Não, não.  Eu não falei que sou gerente.  Eu falei que sou gerente de projeto.

– Ah, meu filho. Gerente é gerente em qualquer lugar. Até aqui no céu. Só querem saber de mandar. Até aqui no céu acham que eles é que mandam. Fazer que é bom não fazem. Eles até lideram o nosso ranking de reclamações.

Ranking de reclamações. Que ranking?

– Nosso call-center recebe mais da metade dos chamados pra criticar esses gerentes. Nosso chefe não sabe mais o que fazer com eles. Mas você gerenciava o quê mesmo?

– Projetos. – Respondeu o rapaz com certa impaciência.

– Ah, sei. Fazia aqueles desenhinhos, com aquelas figurinhas, um monte de cálculo. Coisa bonita, não?

– Não. Quero dizer, eu não fazia desenhinho nenhum.

– Não?

– Não.

– E que tipo de projeto?

– Todos. Ou qualquer um, como queira.

– E quantas pessoas você gerenciava?

– Eu não gerenciava pessoas. Eu as servia com meu trabalho para atingirmos o objetivo do projeto.

– Nossa, que frase bonita, não? Comovente. É o nosso sonho ver todo mundo querendo servir. A maioria entra aqui querendo ser servida. Esses gerentes então…

CLIQUE AQUI E FAÇA O DOWNLOAD DO NOSSO E-BOOK!

Ebook: 8 Perguntas que todo gerente de projetos deve fazer antes de iniciar um projeto.

http://conteudo.pensegestao.com.br/

– Então, quais são os projetos que compõem o portfólio do céu?

– Porto do quê…?

Portfólio, um conjunto que pode ter subportfólios, programas e projetos. Ele tem relação com o plano estratégico da organização “Céu”.

– Filho, não complica. Esse “portal de não sei o quê” que você falou aí, é o que faz os desenhinhos?

– Esquece. É melhor. – Resignado o rapaz então retoma a prosa anterior. – O senhor, na verdade, precisa entender o que é a profissão do gerente de projetos. Isso é o que eu estou tentando explicar.

– Olha aqui, meu rapaz. Eu conheço todas as profissões, desde o tempo da crucificação. Acompanhei todas que surgiram nesse tempo. Teve de tudo.

– Há algum tempo que ser gerente de projetos virou uma profissão tal como os seus engenheiros e arquitetos. – Persiste o rapaz. – O mundo corporativo vem ano após ano constatando a importância de lidar com projetos como forma de melhor administrar seus objetivos estratégicos.

– Filho, você está falando difícil. Não consegui compreender bem o que você falou.

– Está bem. Uma empresa, hoje, pode dividir as suas necessidades entre projetos, de cujos objetivos tem-se um verdadeiro arcabouço para alavancar o sucesso no mercado.

– Meu rapaz, eu estou sem um dicionário aqui. Só tenho uma bíblia.

E o rapaz não se fez de rogado e continuou a falar.

– Os gerentes de projetos possuem, inclusive, uma certificação de abrangência mundial que reconhece a sua capacidade em adotar as melhores práticas para gerenciar projetos.

– Então, o que você espera que eu faça.

– Posso muito bem ser alocado em algum centro e desenvolver projetos tanto para melhorias quanto para redução das perdas que estejam ocorrendo.

– Detesto parafrasear, mas colocando você num centro eu vou estar lavando as minhas mãos.

– Não, não. Até aqui! Esse gerúndio…

– Como?

– Não, não. Nada, não. É que lá embaixo é uma linguagem típica de call-center mesmo.

– Olha. Vejo que você está se esmerando pra me explicar essa sua profissão. Vamos pelo lado prático da coisa. Tente resumir pra mim o que exatamente você faz como gerente de projetos.

– Muito bem. Como gerente de projetos, inicialmente levanto requisitos, restrições e premissas para um determinado projeto; trabalho na elaboração do Termo de Abertura de Projeto, o TAP; identifico o objetivo e defino detalhadamente o seu escopo juntamente com todo o trabalho a ser realizado, decompondo-o em pacotes de trabalho e suas respectivas entregas; elaboro cronogramas, identifico e aloco recursos às suas atividades; conduzo o relacionamento com as partes interessadas, elaboro o orçamento, preparo os planos de gerenciamento tais como do tempo, do custo, do prazo, das aquisições; realizo reuniões de acompanhamento de progresso do projeto, monitoro os riscos que foram identificados, qualificados, quantificados; elaboro relatórios para comunicação às partes interessadas; desenvolvo processos de aquisição, critérios para seleção, EAPs para medição; posso conduzir análises com utilização das ferramentas da qualidade ou de análise de processos.

O senhor, calado, após ouvir esse verdadeiro rosário de atribuições, olhando para o nada, franziu o cenho e claramente começou a refletir. Após alguns segundos em completo silêncio, inspirou suavemente, olhou para o rapaz e não conteve sua curiosidade:

– Meu rapaz, não teria sido mais fácil ser um engenheiro?

Autor: José Dimas Consultor e Gerente de Projetos at Celura Consulting

fonte: http://www.projectlab.com.br/blog/index.php/home/o-que-voce-faz-gerente-de-projetos-que-isso/

CLIQUE AQUI E FAÇA O CURSO ONLINE DE GESTÃO DE PROJETOS

Pense gestão