5 piores erros de Marketing Pessoal para um gestor de projetos

Esperar que as pessoas reconheçam suas habilidades sem fazer nada para mostrá-las pode ser um pouco frustrante, já que no ambiente de trabalho cada profissional está focado em suas atividades diárias e não tem muitas oportunidades de avaliar o desempenho dos colegas. Em contrapartida, exagerar no marketing pessoal também pode ser prejudicial para sua imagem como gestor de projetos, repassando uma impressão de arrogância.  O que fazer nessa situação? Fazer seu marketing pessoal da forma correta, evitando esses erros:

Fazer alarde sobre cada passo que você dá

No marketing pessoal, é mais importante demonstrar competência do que propriamente sair falando dela. Se você está num projeto complexo, não precisa lembrar isso a todo momento, pode soar como reclamação. Ao invés disso, chame as pessoas para comemorar seus êxitos, como a conclusão desse projeto. Quando alguém lhe perguntar detalhes sobre o trabalho realizado, destaque os pontos de maior dificuldade e como superou-os.

Frisar demais seus certificados

Buscar treinamentos e capacitações para melhorar seu currículo é uma exigência do mercado de trabalho e pode sim abrir muitas portas para você como gestor de projetos. Mas ficar a todo momento dizendo que está fazendo esse curso, aquele outro treinamento, que já tem dez certificados na parede, não vai ajudar. Deixe para falar das suas qualificações numa entrevista de emprego, quando for recomendar o treinamento para outras pessoas ou quando alguém lhe perguntar sobre o tema. O assunto vem naturalmente e você aproveita para fazer o seu marketing pessoal.

Não cuidar da sua imagem na internet

As redes sociais facilitaram muito a visibilidade para qualquer profissional, mas ainda tem gente que não se preocupa com a imagem que transmite nesses canais digitais. Fotos inadequadas, comentários preconceituosos, conteúdos de fonte duvidosa contribuem para manchar sua imagem profissional. Se você acredita que redes sociais são para amigos e quer postar aquela foto na balada, faça isso com responsabilidade, utilizando as ferramentas de privacidade para evitar que esse conteúdo fuja ao seu controle. Ter uma página profissional separada do seu perfil pessoal é uma das melhores formas de não se ver em uma situação difícil.

Tentar se destacar depreciando o trabalho dos outros

Trabalhamos com outras pessoas o tempo todo, precisamos delas para levar nossos objetivos adiante. Para tanto, é preciso ter pessoas de confiança ao seu lado, bem como ser uma pessoa de confiança para elas. O que não pode ocorrer é você, como gestor de projetos, depreciar as outras pessoas para ressaltar suas realizações. Por exemplo, dizer que sua equipe contribuiu pouco ou que você fez todo o trabalho sozinho são comentários que acabam com qualquer marketing pessoal.

Fazer marketing pessoal em tempo integral

Nas festas, confraternizações, reuniões e almoços, a única coisa que você fala é sobre suas habilidades, os desafios que superou, o quão difícil está terminar determinado projeto? Eis outro erro que compromete sua imagem profissional por completo. Fazer marketing pessoal é saber o momento certo de destacar seus diferenciais, sem parecer pedante. Experimente ouvir o que as outras pessoas têm a dizer, faça contribuições relevantes para cada discussão e demonstre seu conhecimento por meio de histórias, exemplos vividos. Não esqueça de compartilhar também seus fracassos, afinal, eles fazem parte das suas lições aprendidas.

Você já cometeu algum desses erros de marketing pessoal? Como identificou e contornou a situação? Deixe seu comentário!